Mais 5 mil toneladas em amêndoas de cacau chegam de Gana

Até maio de 2018, devem ser importadas um montante de 40 mil toneladas do produto (Foto: Codeba)

Enquanto as lavouras nacionais retomam o aumento na produtividade das amêndoas de cacau, o Porto de Ilhéus abastece as indústrias baianas com os frutos importados. Desde esta quinta-feira, 16, mais de 5 mil toneladas da matéria-prima, vindas de Gana, na África Ocidental, estão em operação de desembarque do navio Sagitta para os armazéns do Porto de Ilhéus.

Um próximo navio com esse tipo de carga está previsto para chegar ao porto em dezembro desse ano, trazendo mais de 10 mil toneladas. Até maio de 2018, devem ser importadas um montante de 40 mil toneladas do produto.

A mistura (blend) de amêndoas da produção nacional e das importadas é essencial para fabricação de chocolate que, na região Sul da Bahia, é feita pelas empresas Cargil, Olam e Barry. De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), as indústrias processadoras de cacau tiveram de importar 46 mil toneladas da amêndoa nos seis primeiros meses de 2017.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

6 + 6 =