Labchecap cresce 30% no ano e mira aquisições em 2018

Unidade da Labchecap no Caminho das Árvores: rede de laboratórios faz, todo mês, cerca de 1,2 milhão de atendimentos na capital e no interior do estado (Foto: Geraldo Bastos/Bahia de Valor)

[dropcap]A[/dropcap]pesar da recessão econômica do país, a rede de laboratórios Labchecap não tem do que se queixar de 2017. A empresa investiu ao longo do ano cerca de R$ 20 milhões, seguiu com seu plano de expansão, com a abertura de unidades em Feira de Santana e Alagoinhas, e vai encerrar o exercício com um crescimento de receita da ordem de 30%. “O setor de saúde sofreu menos com esta crise. Tivemos alguns problemas com inadimplência, mas com disciplina conseguimos manter nossa trajetória de crescimento”, diz Maurício Bernardino, diretor executivo do grupo baiano. “A gente brinca que em uma hora a empresa vai dar dinheiro para os sócios. Por enquanto, só colocamos dinheiro para que ela continue crescendo”.

Bernardino conta que para 2018 o grupo pretende ampliar os investimentos, diversificar os serviços e abrir novas unidades. A Labchecap, garante ele, continuará resistindo à onda de consolidação do setor. “Estamos fazendo o nosso próprio caminho. Vamos continuar com crescimento físico através de abertura de novas unidades, mas não descartamos aquisições. Estamos observando o mercado”, afirmou Maurício Bernardino, 36 anos, farmacêutico bioquímico, e que assumiu o comando do grupo em 2006, após a morte do pai, Ananias Bernardino – um dos sócios fundadores da Labchecap.

Sob o comando de Maurício Bernardino a Labchecap saltou de apenas de quatro unidades para quase 40, espalhadas por Salvador, Alagoinhas, Feira, Camaçari, Lauro de Freitas e Simões Filho. São 34 unidades de porta de laboratório, uma unidade de imagem, quatro de vacinas, além de serviços especiais como coleta e vacina domiciliar. O grupo emprega hoje cerca de  850 funcionários e realiza, todo mês, 1,2 milhão de atendimentos. O crescimento dos negócios tem sido sempre na casa dos dois dígitos. O segredo? Foco.

“Não vou de laboratório a construtora. A gente é laboratório e a gente só abre unidades nesta área”, diz o diretor executivo do grupo, que acaba de conquistar, mais uma vez, o Prêmio Benchmarking Saúde na categoria Laboratório de Análise Clínica Compliance. “Estamos sempre atentos e buscando melhorias em nossos indicadores, para cada vez mais prestar um serviço de excelência, essencial em nossa atividade”, concluiu  Maurício Bernardino.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

onze + 13 =