Bacia do Vaza-Barris é incluída na área de atuação da Codevasf

A bacia do rio Vaza-Barris faz limites com a bacia do rio São Francisco (norte e oeste) e com a bacia do rio Itapicuru (sul) (Foto: Marcos Rodrigues/ASN)

A bacia hidrográfica do rio Vaza-Barris, localizada na região nordeste da Bahia, acaba de ser incluída na área de atuação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). É o que determina a Lei 13.481/2017, sancionada pelo presidente Michel Temer.

A Codevasf já atuava nos vales do São Francisco, Parnaíba, Itapecuru e Mearim, nos estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Piauí, Maranhão e Ceará, promovendo o desenvolvimento e a revitalização das bacias com a utilização sustentável dos recursos naturais e a estruturação de atividades produtivas para a inclusão econômica e social. Com a inserção do Vaza-Barris, a área de abrangência passa de 1.095.895,71 km² para 1.112.093,06 km², o que corresponde a 13,06% do território nacional.

A bacia do rio Vaza-Barris faz limites com a bacia do rio São Francisco (norte e oeste) e com a bacia do rio Itapicuru (sul). No estado de Sergipe, o rio entra dividindo os municípios de Simão Dias e Pinhão, atravessa o estado e deságua no Oceano Atlântico, formando um amplo estuário, próximo ao povoado Mosqueiro, separando os municípios de Aracaju e Itaporanga d’Ajuda.

Com a alteração, cerca de 750 mil sergipanos residentes em 14 municípios inseridos poderão ser atendidos com ações da empresa pública. Já na Bahia, cerca de 300 mil habitantes que vivem em 12 municípios poderão ser beneficiados pelas ações da Companhia.

“A inclusão da bacia hidrográfica do Vaza-Barris na área de atuação da Codevasf é um reconhecimento a todo o trabalho que a empresa vem desenvolvendo, ao longo de sua trajetória, com vistas ao desenvolvimento socioeconômico das regiões de sua abrangência. É, também, mais um desafio que temos pela frente, e, para que possamos atender com êxito a essa demanda, necessitamos do apoio do Governo Federal e do Congresso Nacional na alocação de recursos de modo a realizarmos os devidos investimentos e, com isso, correspondermos aos anseios da população local”, afirma o presidente da Codevasf, Avelino Neiva.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

seis − 5 =