Carmem Lúcia Pinheiro é a nova juíza substituta do TRE-BA

Eleita pela classe dos desembargadores, Carmem Lúcia exercerá a função por um biênio, conforme consta no regimento interno do Tribunal baiano (Foto: Ascom/TRE)

A desembargadora Carmem Lúcia Santos Pinheiro foi empossada juíza substituta do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para o biênio 2017/2019. Durante a cerimônia, realizada na Sala de Sessões do Eleitoral, a magistrada afirmou que pretende contribuir para que o Tribunal atinja todas as metas delineadas pelo presidente José Edivaldo Rocha Rotondano, a exemplo do recadastramento biométrico dos eleitores.

Carmem Lúcia também declarou que, na condição de juíza substituta, irá atuar de forma qualificada para garantir a condução ética e célere dos processos judiciais e das rotinas administrativas da Corte Eleitoral.

“Foi uma honra ver o meu nome escolhido pelos meus pares. Desde o início do processo, deixei claro que não visei o cargo por razões pessoais. Resolvi candidatar-me em razão do apelo e do apoio de colegas aos quais nutro grande admiração”, comentou.

Currículo

A desembargadora Carmem Lúcia Santos Pinheiro graduou-se em Direito pela Universidade de Santa Cruz e é pós-graduada Lato Sensu em Direito Eleitoral pela Faculdade Maurício de Nassau, por meio de convênio com o TRE-BA.

Na carreira jurídica, exerceu advocacia Cível e Trabalhista, além de atuar nas Comarcas de Itiruçu, Mutuípe, Canavieiras e Santo Amaro. A juíza foi promovida para Salvador em 1993. Em 2015, ascendeu ao cargo de desembargadora, sendo designada para a Quinta Câmara Cível, Seção Cível de Direito Público e Tribunal Pleno.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × quatro =