Preços do e-commerce caem pelo quarto mês consecutivo

Deflação foi impulsionada, principalmente, pela categoria Telefonia (-12,01%), a mais desejada durante o Dia do Consumidor

Os preços do comércio eletrônico registraram deflação de 2,36% em março, na comparação com o mesmo período de 2016, aponta o Índice Fipe Buscapé. Trata-se do quarto mês seguido de deflação, após uma série de 21 meses de preços em alta. Em relação a fevereiro de 2017, os preços registraram queda de 0,76%.

Entre as 147 categorias monitoradas pelo índice, 94 delas registraram aumento de preços em março, na comparação com o mesmo período do ano passado. A deflação, porém, foi impulsionada pela expressiva baixa nos preços de celulares e smartphones, que foi de 12%. “As categorias mais desejadas no Dia do Consumidor, celebrado no dia 15 de março, foram as que apresentaram maior retração, por conta dos descontos oferecidos pelos varejistas. Além dos celulares e smartphones, os produtos de Fotografia (-5,43%), Informática (-3,04%) e eletrônicos (-2,09%) também registraram quedas expressivas de preço”, explicou Sandoval Martins, CEO do Buscapé.

Por conta de sua composição e características, a cesta de produtos do e-commerce tende a ser deflacionária em condições ideais de mercado. A comparação é feita sempre dos mesmos produtos, que propendem à desvalorização com a disseminação da tecnologia, lançamento de um produto superior na mesma categoria ou troca de coleção e mostruário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 − 3 =