Pedido de recuperação judicial da BioÓleo é aprovado

A consultoria EXM Partners, responsável pelo plano de recuperação judicial da BioÓleo – joint venture da Petrobras – informa que  foi deferido o pedido de recuperação judicial da companhia. Este é um importante passo para permitir que a empresa, localizada em Feira de Santana e filiais em Irecê, Jaíba (MG) e São Caetano do Sul (SP), mantenha suas atividades. Fundada em 2007, gera atualmente mais de 50.000 empregos diretos e indiretos, fomenta negócios com diversos fornecedores e clientes, além de originar impostos para o governo e o município. Hoje, a BioÓleo possui capacidade para produzir 74 mil toneladas de óleo por ano e possui área industrial de cerca de 210.000 m².

A empresa, que tem como sócios a 2H Participações e a Petrobras Biocombustível S.A., tinha como proposta em 2010 ser a principal fornecedora de óleo vegetal refinado para a Fábrica da Petrobras em Candeias, o que exigiu fortes investimentos iniciais para aumentar sua produção. Com a queda de safra de mamona, a BioÓleo viu sua produção cair para aproximadamente 10 mil toneladas de óleo por ano, o que acabou gerando uma dívida acumulada no valor de 44 milhões de reais, sendo 85% para bancos e 15% para outros fornecedores.

Como próximos passos, a EXM Partners desenvolverá e apresentará o plano de recuperação judicial num prazo de 60 dias e, posteriormente, realizará a negociação com os credores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

20 + 17 =