Custo da cesta básica cai 2,88% em Salvador, diz Dieese

O feijão carioquinha ficou mais de 22% mais barato em fevereiro (Foto: Marcos Santos/USP)

o custo da cesta básica em Salvador registrou uma redução de 2,88% em fevereiro em relação a janeiro e passou a custar, no mês passado, R$ 349,40. Este é o quarto menor valor dentre as 27 capitais onde o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) realiza a pesquisa. Na variação anual, os gêneros alimentícios subiram 3,42% de março de 2016 a fevereiro de 2017.

Em fevereiro, as altas foram registradas no preço médio da manteiga (7,17%), café (3,30%), óleo de soja (1,45%), farinha de mandioca (0,31%) e do pão francês (0,22%). Por sua vez, as reduções aconteceram no preço do feijão carioquinha (-22,66%), tomate (-6,07%), banana da prata (-2,98%), açúcar (-2,85%), carne (-1,76%), arroz (-0,87%) e leite integral (-0,54%).

O trabalhador soteropolitano remunerado pelo salário mínimo comprometeu, no mês passado, 82 horas e 2 minutos de sua jornada mensal para adquirir os gêneros essenciais. Em janeiro, houve um comprometimento maior. Naquele mês foram necessárias 84 horas e 28 minutos. Quando se compara o custo da cesta em relação ao salário mínimo líquido, ou seja, após o desconto referente à Previdência Social, o comprometimento foi de 40,53% em fevereiro 2017, percentual inferior aos 41,73% de fevereiro de 2016.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

um + 19 =