Casa dos Ventos quintuplica a potência da PCH Candengo

Comprometida com a diversificação de seu portfólio de projetos em energias renováveis, a Casa dos Ventos inaugurou, neste fim de semana, a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Candengo, na Bahia, que passou por obras de renovação e ampliação da capacidade. Construída em 1922 e abastecida pelo Rio Una, esta PCH passa de 2MW para 11MW de potência instalada e terá sua energia destinada ao mercado livre.

“Candengo foi uma das primeiras centrais hidrelétricas do Brasil e representa um legado para o caráter renovável da nossa matriz energética. Trata-se, portanto, de um investimento com um significado especial e compatível com nossa missão de promover a geração de energia renovável e contribuir para o desenvolvimento sustentável do país”, define Mario Araripe, presidente e fundador da Casa dos Ventos, empresa que completa dez anos em 2017 como uma das pioneiras e maiores investidoras no desenvolvimento de projetos eólicos no Brasil.

Ainda segundo Araripe, apesar da companhia ter maior foco na geração eólica, a Casa dos Ventos estuda a viabilidade de projetos em outras fontes para diversificar seu portfólio. Sob esta visão, a empresa investiu capital e expertise próprios na troca de equipamentos e na renovação da estrutura da usina. “A geração em Candengo é bastante complementar a dos nossos complexos eólicos e isso traz valor para a companhia. Também estamos desenvolvendo projetos solares para implantarmos caso a fonte se viabilize de maneira mais concreta no país”. Como critério comparativo, a energia gerada pela PCH seria suficiente para abastecer uma cidade de 10 mil residências.

[box type=”note” align=”alignleft” class=”” width=””]Como parte das comemorações pelos seus 10 anos, a Casa dos Ventos seleciona, até 30 de junho, imagens que irão compor a exposição coletiva e itinerante “Energia para um novo mundo”. As pessoas com conta na rede social Instagram poderão publicar as suas imagens, com o olhar de cada um sobre as energias renováveis, e marca-las com a tag #CDV10anos. A partir de julho, as 25 fotografias selecionadas passarão por diferentes cidades do país, incluindo São Paulo e municípios onde estão localizados alguns dos parques desenvolvidos pela companhia.[/box]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

quinze − 11 =