Via expressa possibilitará sentido único para centro da cidade

Obras foram iniciadas nesta segunda-feira e visam melhorar o tráfego entre avenidas Paralela e ACM (Foto: Bruno Concha/Secom)

A construção da nova via expressa que vai ligar as avenidas Luiz Viana Filho (Paralela) e Antônio Carlos Magalhães (ACM) vai melhorar a mobilidade na região. O pontapé das obras foi dado nesta segunda-feira (9), com prazo previsto de conclusão de 50 dias. Até lá, faixas das duas vias serão interditadas em dois pontos para execução das obras, conduzidas pela CCR Metrô e exigidas pela Prefeitura como contrapartida às intervenções metroviárias na cidade, a exemplo da ocupação da área antes que era exclusiva dos ônibus nas duas avenidas.

A nova via expressa terá aproximadamente 1,3 km de extensão e vai ligar o final da Paralela – para quem segue rumo ao Centro – até a entrada do viaduto Raul Seixas. O acesso será feito exclusivamente nas faixas 1 e 2, à esquerda da via, localizadas nas imediações da concessionária Grande Bahia. Além disso, as mudanças também atingirão outros destinos. Os motoristas que desejam seguir para a Avenida Tancredo Neves só poderão fazê-lo através das faixas 3 e 4 e, se o destino for a Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô), as opções serão apenas as 5 e 6. Quem parte do bairro de Pernambués terá duas faixas de saída: uma para a Avenida Tancredo Neves, que passará por baixo da via expressa e outra sentido Bonocô.

Segundo o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, a intervenção ocorre em uma área que passou a sofrer aumento de retenções depois que ocorreu a supressão do número de faixas para a construção da Linha 2 do metrô e após a desativação da via exclusiva de ônibus que funcionava entre o Detran até as imediações do Shopping Salvador. Ele lembrou que a via expressa vai evitar entrelaçamentos de veículos da marginal da alça de saída da Avenida Luís Eduardo Magalhães para a pista principal, além de melhorar a mobilidade em toda a região.

Interdições

O novo sistema viário que atende à região da rodoviária/Pernambués ocorrerá em cinco fases, com duração de cerca de 50 dias. Inicialmente, é realizado o isolamento de uma faixa no final da Paralela e de duas faixas da Avenida ACM no sentido Centro para alargamento da via, redução do canteiro central e execução de um muro de contenção, que permitirá o nivelamento da pista marginal, acrescentando nova faixa de rolamento. Em seguida, haverá nivelamento da pista expressa, mais à esquerda, sentido Centro. Por fim, será feita a sinalização horizontal e vertical para a liberação definitiva do tráfego na via expressa. A requalificação está sendo executada no trecho entre a concessionária Grande Bahia e o Viaduto Raul Seixas.

Para o controle do fluxo, foram disponibilizados oito agentes de trânsito, além de monitores de tráfego da CCR para auxílio durante a operação. Também estão posicionados Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs) nas imediações do local da interdição, com informações sobre as vias alternativas para tráfego.

Para a realização das obras, os motoristas também devem ficar atentos às interdições do acesso ao Viaduto Raul Seixas nas noites desta segunda (9) até quarta-feira (11), sempre entre 23h30 e 5h. Nesse período, os motoristas que precisarem alcançar a Avenida ACM no sentido Lucaia devem seguir até a Rótula do Abacaxi e pegar o retorno nas proximidades da Estação Acesso Norte. A partir daí, o motorista pode retornar à Avenida ACM no sentido Hiper Posto.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze + 13 =