Justiça Federal determina busca e apreensão no Bradesco

Banco se comprometeu a interromper práticas investigadas e a pagar R$ 23 milhões em contribuição pecuniária

A pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Vitória da Conquista, a Justiça Federal determinou o cumprimento de mandado de busca e apreensão na sede da Superintendência da Regional Sudoeste do Banco Bradesco, em Vitória da Conquista, a 517km de Salvador. A decisão foi publicada em 17 de janeiro e o mandado fui cumprido pela Polícia Federal nesta quarta-feira.

A medida visa encontrar contratos bancários de financiamento e outros documentos associados a empresário investigado em procedimentos conduzidos pelo MPF e pela Polícia Federal, relacionados à Operação Mato Cerrado. O banco já havia sido oficiado em outubro e em dezembro do ano passado para que apresentasse os documentos, mas vem resistindo a colaborar com as investigações.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezessete − 11 =