Virada Sustentável Salvador começa nesta sexta-feira

O Mercado Iaô sai do seu tradicional palco na Ribeira e levará aos visitantes da Virada Sustentável experiências de artesanato e de gastronomia (Foto: Almiro Lopes / Divulgação)

Três dias de evento, centenas de atividades e uma preocupação: sustentabilidade. É com esta palavra em mente que o Instituto Fábrica de Florestas realiza em Salvador, de 25 a 27 de novembro, a primeira Virada Sustentável Salvador. Parques e outros pontos da cidade – alguns desconhecidos do grande público – serão palco da programação gratuita, que reforçará, através de shows musicais, apresentações teatrais, instalações, exposições, literatura, ações sociais, além de debates e oficinas, a importância de atitudes sustentáveis em nosso dia a dia.

Jardim Botânico, Parque Costa Azul, Parque da Cidade, Parque de Pituaçu e Parque São Bartolomeu serão alguns dos pontos principais na capital baiana que receberão a extensa programação da Virada Sustentável Salvador. Um grande festival de mobilização e educação para a sustentabilidade, o evento conta com a participação de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, setor privado, escolas e universidades, além de coletivos de cultura e movimentos sociais.

Shows

Toda a programação da Virada Sustentável acontece em torno do tema principal da sustentabiliade, que se tornou recorrente e de extrema importância quando se pensa num futuro melhor para o nosso planeta. Até mesmo os shows musicais e ações culturais previstos levarão em conta a temática e reunirá os soteropolitanos em torno de artistas como Xangai, que recebe, às 16h do sábado (26), no Parque da Cidade, o cantor, compositor e poeta Paulo Araújo, conhecido militante das causas sociais em defesa do Rio São Francisco. Juntos cantarão o Velho Chico e o Sertão da Bahia, num belo repertório.

Xangai é uma das atrações do evento (Foto; Divulgação)
Xangai é uma das atrações do evento (Foto; Divulgação)

Quem leva sustentabilidade para os palcos da Virada Sustentável também é Peu Meurray. O músico, compositor e artista plástico apresenta show com instrumentos produzidos à base de pneus gastos e retirados do lixo, também no Parque da Cidade, na sexta-feira (25), às 16h. A fusão dos instrumentos convencionais com os reciclados é o diferencial que Peu promete para a sua “orquestra inusitada”, que ele apresentará com convidados especiais.

Além dos pneus de Peu, mobiliário, como almofadas e puffs, e acessórios, como sandálias e bolsas, produzidos à base de lona plástica reaproveitada também serão apresentados no Mercado Iaô, evento criado pela cantora Margareth Menezes – que se apresenta no sábado (26), às 18h – e que estará na programação do evento, desta vez no Parque Costa Azul, no sábado (26) e domingo (27). Referência em design e sustentabilidade, o Mercado IAÔ sai do seu tradicional palco na Ribeira e levará aos visitantes da Virada Sustentável experiências de artesanato e de gastronomia, contando com expositores de diferentes ramos da economia criativa, com foco no reaproveitamento de materiais na confecção dos seus produtos.

“Realizar a Virada Sustentável em Salvador está sendo um desafio e uma grande oportunidade para mostrarmos a quantidade de ações importantes que vêm sendo desenvolvidas pela sociedade civil, o terceiro setor, empresas e instituições públicas locais. O evento, em parceria com o poder público, disponibilizará espaços na cidade para demonstrações das mais diversas que têm a sustentabilidade como foco principal e desejamos, sinceramente, que esta ação gere reflexão e transforme a maneira com que as pessoas percebem o mundo “, comenta Álvaro Oyama, Diretor Executivo do Instituto Fábrica de Florestas.

Rodas de Conversas

Além de programação lúdica e musical, a primeira Virada Sustentável Salvador promoverá uma série de Rodas de Conversas, concentradas no Parque da Cidade, sempre pela manhã e à tarde – das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30 –, reunindo nomes de diferentes cenas, como o senador Otto Alencar, a estilista Luciana Galeão e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Luiz Viana Queiroz. A programação de debates, abertos à participação do público, abarca temas como “Águas da Bahia – Rio São Francisco, Paraguaçu e Salvador”, “Inovação Social e Sustentabilidade – Cases de Empreendedorismo Social” e “Arquitetura e Engenharia Sustentáveis”, listados na programação completa abaixo.

“A Virada Sustentável é um festival que procura inspirar o público para uma nova visão de mundo, mais inteligente e sustentável, a partir de uma abordagem positiva e atraente, usando a arte, o lúdico, como ferramentas principais. Realizar uma edição em Salvador sempre foi um sonho para nós”, explica André Palhano, da Virada Sustentável, que realizará em Salvador uma série de oficinas – artesanato e produtos reciclados no Largo Santo Antônio Além do Carmo e oficinas de meliponicultura, de horta e de compostagem, no Parque Metropolitano de Pituaçu, por exemplo – e oferecerá interessantes experiências para públicos de todas as idades, como as trilhas ecológicas guiadas nos parques Jardim Botânico, em São Marcos, e São Bartolomeu, em Pirajá.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezesseis − catorze =