Adab apreende 6 mil aves de descarte em Vitória da Conquista

As aves estavam sendo transportadas em dois caminhões, sem documentação sanitária

A Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) apreendeu mais de 6 mil aves transportadas sem a documentação sanitária próximo ao município de Vitória da Conquista. As aves foram encaminhadas ao abate inspecionado e o valor arrecadado com a comercialização da carne de frango será repassado ao Fundo de Amparo do Desenvolvimento e Defesa Sanitária Avícola do Estado da Bahia, revertido em prol da defesa agropecuária baiana.

As aves estavam sendo transportadas em dois caminhões, sem documentação sanitária pertinente e sem a Guia de Trânsito Animal (GTA). A suposta origem da carga é Minas Gerais, tendo como provável destino a região de Vitória da Conquista. Segundo a Coordenadora Regional, Adeline Ferraz, essas fiscalizações vão continuar acontecendo, pois é prioridade nas ações desenvolvidas pela Diretoria de Defesa Sanitária Animal, que visam coibir o trânsito irregular de animais no Estado.

O diretor de Defesa Sanitária Animal, Rui Leal, informa que o controle do trânsito de animais é fundamental para a manutenção da sanidade no Estado e a GTA permite rastreabilidade, evitando a introdução de doenças que coloquem em risco a população ou causem prejuízos aos produtores e aos demais segmentos econômicos. Atualmente a Bahia é o único estado da Federação reconhecido pelo Ministério da Agricultura (Mapa) com status B, melhor classificação dentro do Programa Nacional de Sanidade Avícola, além de ser classificado como livre de Influenza Aviaria (gripe aviaria) e Doença de Newcastle nos plantéis avícola industrial.

Após a apreensão e o auto de infração, o caminhão seguiu escoltado pelos fiscais da coordenadoria regional da Adab de Vitória da Conquista até o frigorífico Chico do Galeto, em Valença, onde será realizado o abate inspecionado das aves. A abordagem foi realizada por fiscais da Adab , durante uma fiscalização móvel e contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

um + 8 =