Votação do impeachment será retomada as 11h, diz Lewandowski

Para o ministro, “a venda de ações de empresas públicas, sociedades de economia mista ou de suas subsidiárias ou controladas exige prévia autorização legislativa, sempre que se cuide de alienar o controle acionário” (Foto: Marcelo Camargo/AG. Brasil)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, que conduz os trabalhos no Senado, disse que a sessão final para votação do julgamento do impeachment da presidenta afastada Dilma Roussef vai ser retomada hoje (31), a partir das 11h. Para o impedimento definitivo, são necessários ao menos 54 votos entre os 81 senadores.

Após conversar com senadores, Lewandowski informou, por volta das 22h30 de ontem, que pretende encerrar os discursos dos senadores na madrugada desta quarta-feira, por volta das 3h.

Na fase de pronunciamentos, que ocorre agora, cada senador tem dez minutos para se manifestar sobre a acusação. Mais da metade dos 66 senadores inscritos, já se pronunciou. (Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 + 17 =