Lei Rouanet autoriza projeto Neojiba captar R$ 15,5 milhões

A formação musical em diversas vertentes é uma das prioridades do Neojiba (Foto: Mateus Pereira/GOVBR)

O Instituto Ação Social Pela Música (IASPM) – organização que administra o Neojiba (Núcleos Estaduais Juvenis e Infantis da Bahia) – foi autorizado pelo Ministério da Cultura a captar, via Lei Rouanet, pouco mais de R$ 15,5 milhões para a reforma e a revitalização do Parque do Queimado, localizado no bairro da Liberdade, em Salvador, e a construção no local da nova sede do Neojiba. A informação foi publicada hoje pelo jornalista Geraldo Bastos, na coluna Tendências & Mercado, do jornal A Tarde.

De acordo com a coluna, o projeto contempla o restauro e a adaptação dos edifícios, implantação de um espaço multiuso para 140 pessoas e salas de ensaio e estudo. A portaria nº 411, da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura, informa ainda que o dinheiro também será usado na promoção de eventos musicais e educacionais ao ar livre e gratuitos, a serem realizados durante o processo de restauração, na produção de um livro sobre a história do parque e na elaboração de projetos arquitetônicos para a revitalização integral do espaço.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezesseis − 6 =