Tarifas de gás natural serão reduzidas em até 6,7% em maio

O aumento entrou em vigor na última quinta-feira, dia 12 (Foto: Roberto Viana/GOVBA)

A partir do mês de maio sete setores que utilizam o gás natural vão passar a economizar. Isso porque os custos da matéria prima tiveram uma queda, beneficiando o fornecimento de gás para a indústria, comércio, setor automotivo e de gás natural veicular, entre outros. De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, a redução dos valores das tarifas “chega a 6,7%, o que representa uma economia no bolso do consumidor, incluindo aí o gás natural veicular”.

O preço do GNV (gás natural veicular) terá uma queda de 5,72%. Para a indústria, a queda será de 5,57%, e para o comércio, 2,42%.

Cavalcanti explica ainda que o setor industrial será grande beneficiado, “pois o preço final varia também de acordo com o consumo. Maior aquisição igual a menor preço na compra do gás. Ganha a indústria e os consumidores finais”. A mudança tarifária é autorizada pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba).

O órgão é responsável pela fiscalização e distribuição do gás natural na Bahia e busca disponibilizar bens e serviços a preços justos para o consumidor. Estudos foram iniciados pela Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás), vinculada à Seinfra, para definir o próximo reajuste, previsto para o mês de agosto, com tarifas incentivadas para o gás natural comprimido (GNC), gás matéria-prima e segmento automotivo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

quinze + 19 =