Bahia elimina mais de 4,8 mil vagas com carteira assinada

O comércio liderou o cortes de vagas em março, segundo o Caged (Foto: AG. Brasil)

DA REDAÇÃO DO BAHIA DE VALOR

A economia baiana eliminou no mês passado 4.803 empregos com carteira assinada, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgado hoje. No mês passado, o pior desempenho foi registrado no comércio, com o corte de 3.085 postos de trabalho. Em seguida aparecem os setores de serviços (-1.630) e da indústria de transformação (-1.547). A administração pública, por sua vez, liderou as contratações, com 920 novas vagas.

De acordo com o Caged, o melho desempenho no mercado de trabalho formal em março foi registrado no município de Dias D’Ávila, com um saldo positivo de 392 vagas. Já Salvador liderou as demisões, com o corte de 2.201 empregos com carteira. Em seguida aparecem Lauro de Freitas (-1.224) e Camaçari (-480).

Na região Nordeste, Pernambuco liderou as dispensas, com o corte de 11.383 vagas. Alagoas aparece em segundo lugar com -9.872.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

onze + treze =