Capa > Negócios no Campo > Operação Safra reforça policiamento nas fazendas do oeste
Durante sete meses e meio, o efetivo policial deve percorrer mais de mil propriedades rurais em 12 municípios do oeste baiano (Foto: Ascom/Aiba)
Durante sete meses e meio, o efetivo policial deve percorrer mais de mil propriedades rurais em 12 municípios do oeste baiano (Foto: Ascom/Aiba)

Operação Safra reforça policiamento nas fazendas do oeste

A Operação Safra 2017/2018 foi lançada nesta sexta-feira (6), em Barreiras, no oeste da Bahia. Durante seis meses, 150 policiais, 10 viaturas e um helicóptero vão fortalecer a segurança na zona rural. A ação também proporciona apoio ao trabalho da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), no controle fitossanitário e no trânsito de produtos e defensivos agrícolas.

Pelo quarto ano consecutivo, a Operação Safra é realizada pela Polícia Militar da Bahia, por meio do Comando de Policiamento da Região Oeste, do Comando de Policiamento Especializado, da Cipe Cerrado e 3ª Companhia de Polícia Rodoviária. “A Polícia Militar cumpre papel fundamental na Bahia. Essa operação, em especifico, promove políticas públicas de segurança em uma área de alta produtividade agrícola, mas também a todos que estão inseridos na produção. E para a nossa agência a garantia na defesa agropecuária, de produtos e defensivos agrícolas”, ressaltou o diretor da Adab, Paulo Cezar, no lançamento da operação.

Nesta época em que aumenta, consideravelmente, o índice de assaltos no campo, a ação proporciona mais segurança às comunidades agrícolas, permitindo que o agricultor possa cuidar do plantio. “São 91 mil quilômetros quadrados de cobertura, beneficiando mais de 450 mil pessoas. Seis meses de operação, que vai de 19 de março a 19 de abril. A nossa meta é que todo setor produtivo e a sociedade como um todo tenham a segurança reforçada”, explicou o coronel Paulo Uzeda.

Já o presidente em exercício da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Luiz Pradella, reiterou a necessidade de todos os órgãos e instituições estarem unidos nesse propósito. “É um parceria que envolve todos. Gera mais segurança, emprego e renda. Nós temos uma região de expansão agrícola muito grande. Então, temos que promover ações como essa para a sustentabilidade dos negócios”. Participaram do evento diversas autoridades da região, representantes da Polícia Militar e sociedade civil.

Share

Leia Também

O agendamento está disponível para todos os 27 pontos de atendimento da instituição no estado

Sebrae Bahia passa a oferecer atendimento com hora marcada

Com foco na comodidade dos empreendedores baianos que buscam as soluções do Sebrae Bahia, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × um =

Share