Ao decidir pela soltura, Moro entendeu que a prisão cautelar não se justifica mais porque o “ciclo delitivo” da empreiteira foi interrompido (Foto: Antonio Cruz/ AG. Brasil)

1056772-edit_03721

Ao decidir pela soltura, Moro entendeu que a prisão cautelar não se justifica mais porque o “ciclo delitivo” da empreiteira foi interrompido   (Foto: Antonio Cruz/ AG. Brasil)

Leia Também

A apresentação do plano reuniu o cônsul da Argentina na Bahia, ministro Pablo Virasoro, o presidente da Cecab, Paulo Cintra; a  vice-presidente da Cecab, Alessandra Nascimento, e o diretor financeiro-executivo da Cecab, Fernando Augusto Santos

Câmara Argentina apresenta plano de ações para 2017

A Câmara Empresarial de Comércio Argentina Bahia (Cecab)  anunciou durante uma coletiva seu Plano de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 2 =