Capa > Atualidade > Linha 2 do metrô avança e já está com 55% das obras concluídas
Martins (centro) diz que a construção segue “em ritmo avançado (Foto: Daniele Rodrigues / Ascom Sedur)
Martins (centro) diz que a construção segue “em ritmo avançado (Foto: Daniele Rodrigues / Ascom Sedur)

Linha 2 do metrô avança e já está com 55% das obras concluídas

Ao realizar visita técnica às obras da Linha 2 do metrô, nesta sexta-feira (12), o titular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Carlos Martins, informou que a construção segue “em ritmo avançado, o que nos dá a tranquilidade para cumprir com os prazos estabelecidos e, até mesmo, antecipar a conclusão prevista para o final de 2017”. A Linha 2, que está com mais de 55% das obras concluídas, terá uma extensão até Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e outro terminal de integração ônibus/metrô na região do aeroporto.

Martins visitou as obras acompanhado do presidente da Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB), Eduardo Copello, e do presidente da CCR Metrô Bahia, Luís Valença. O grupo saiu da Estação Detran e seguiu até a Estação Pituaçu, que inclui o futuro Terminal de Integração de Pituaçu. A primeira estação da Linha 2 (Acesso Norte) está finalizada, e a do Detran encontra-se em fase de retoques. A previsão é que até o fim deste ano o trecho entre em operação extensivo até a Estação Rodoviária.

Na Paralela, as primeiras estações (Imbuí e CAB) estão na etapa final de acabamento, com a estimativa de começar a funcionar no primeiro semestre de 2017. As obras no trecho incluem a abertura de nova via expressa, fazendo a ligação direta com o Viaduto Raul Seixas e a Avenida Bonocô. Ciclofaixa e pista de cooper também estão sendo construídas ao longo da avenida. Segundo o secretário, haverá mais fluidez no trânsito na região que, posteriormente, ao ser ampliada a integração com os ônibus metropolitanos, via terminal de Mussurunga – o tráfego ficará ainda mais livre com a retirada de algumas linhas de circulação.

Com o término das obras, somando a Linha 1 e a Linha 2, o metrô terá 41 quilômetros de extensão, tornando Salvador a cidade com a terceira maior malha metroviária do País, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. “São intervenções que irão mudar toda a configuração urbana da cidade, garantindo mais mobilidade e qualidade de vida para a população”, disse Carlos Martins.

Leia Também

Com a entrega no novo trecho, que compreende quatro novas estações, a Linha 2 do Metrô vai passar a operar com onze trens (Fotos: Camila Souza/GOVBA)

Metrô entra em fase final de testes entre Pituaçu e Mussurunga

Os trens do metrô da capital baiana estão em teste nas estações Flamboyant, Tamburugy, Bairro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − quatro =