Capa > Economia Brasileira > Olimpíadas aumentam em até 278% valor de passagem aérea
O aumento médio nos valores é de 84% para o período dos Jogos Olímpicos (Foto: AG. Brasil)
O aumento médio nos valores é de 84% para o período dos Jogos Olímpicos (Foto: AG. Brasil)

Olimpíadas aumentam em até 278% valor de passagem aérea

Faltando pouco mais de um mês para o início das Olimpíadas no Rio de Janeiro, o consumidor que busca passagens aéreas para assistir ao evento já sente uma grande diferença nos valores. De acordo com pesquisa realizada pelo ViajaNet, agência de viagens online, o aumento médio nos valores é de 84% para o período dos Jogos Olímpicos.

No entanto, para alguns trechos o valor está ainda maior, como no caso da viagem entre Fortaleza e Rio de Janeiro. O ticket médio no ano passado para esse trecho era de R$ 408, enquanto para o mesmo período deste ano já chega a R$ 1.544, indicando um aumento de 278%, o maior em todo o país. “O aumento se baseia principalmente na alta procura”, afirma Gustavo Mariotto, marketing manager do ViajaNet.

“No entanto, ainda é possível encontrar alguns bilhetes com preços mais acessíveis, principalmente em promoções-relâmpago ou outras ofertas especiais oferecidas pelas companhias aéreas”, sugere Mariotto. Afinal, os altos preços das passagens aéreas não devem desmotivar os brasileiros a acompanhar os Jogos Olímpicos de 2016, principalmente para aqueles que precisam economizar tempo de viagem.

ViajaNet é uma agência de viagens online com diferenciais em atendimento e serviços ao e-consumidor, com capacidade de apresentar as melhores opções de mais de 900 companhias aéreas, seguro e pacotes turísticos. A empresa é 100% nacional e aposta no mercado brasileiro, oferecendo ao consumidor a oportunidade de descobrir o mundo em um clique.

Leia Também

O projeto foi iniciado em 2006, usando exclusivamente mão de obra prisional (Foto: Gustavo Guedes)

Detentos usam lonas dos Jogos Olímpicos para produção de bolsas

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos deixaram saudades na população do Rio de Janeiro, mas o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 3 =