Capa > Economia Brasileira > Itaú Unibanco leva a macroeconomia para suas redes sociais
O bate-papo é entre o economista  Caio Megale, o ex-jogador  Denilson e a jornalista Patricia Maldonado
O bate-papo é entre o economista Caio Megale, o ex-jogador Denilson e a jornalista Patricia Maldonado

Itaú Unibanco leva a macroeconomia para suas redes sociais

Explicar as causas e consequências dos principais indicadores econômicos para o grande público pode ser uma tarefa mais simples do que muitos imaginam. É com esse pensamento que o Itaú criou uma nova forma de falar sobre o tema em suas redes sociais. O objetivo é simplificar os conceitos de macroeconomia e, de forma lúdica e descontraída, tornar mais acessível o entendimento do tema e associá-lo ao dia a dia das pessoas.

Lançado nesta terça-feira, 31 de maio, o primeiro filme produzido com esse novo olhar se passa na mesa de um bar. O bate-papo é entre o economista do Itaú Unibanco, Caio Megale, o ex-jogador de futebol Denilson de Oliveira e a jornalista Patricia Maldonado. E a conversa é sobre as chances de classificação das seleções sul-americanas para a Copa do Mundo Fifa 2018, baseado em estudo feito pela equipe de economia do Itaú.

Enquanto Denilson e Patrícia palpitam com a experiência de especialistas nos campos e nos programas esportivos, respectivamente, Caio entra com o aspecto mais técnico e traz à mesa o cálculo de probabilidades e análise econométrica do tema.

“Economia pode parecer uma ciência muito exata, mas na verdade a gente olha para aquela ‘salada de números’, que são os indicadores, para tentar prever como as pessoas vão se comportar no futuro”, explica Megale. “Usando o futebol como exemplo, consideramos a tradição de cada seleção, baseado e, quantas vezes cada seleção já se classificou para edições anteriores da Copa do Mundo, e como está jogando no momento, baseado em sua posição no ranking da Fifa”, diz.

Youtube – O filme que associa a macroeconomia ao futebol já pode ser visto no canal do Itaú no Youtube (www.youtube.com/bancoitau) e no Facebook (www.facebook.com/itau). E também será divulgado no LinkedIn, Medium e Twitter.

“Temos uma das mais reconhecidas equipes de macroeconomia do mercado e uma produção intensa de conteúdos relevantes. Entendemos que é nosso papel ampliar ainda mais o acesso e a disseminação desse conhecimento em um momento no qual as pessoas demandam cada vez mais informações qualificadas e palatáveis sobre cenário econômico”, explica Eduardo Tracanella, superintendente de marketing institucional do Itaú Unibanco.

“É importante para nós esse exercício de contar de maneira mais acessível os cenários econômicos e perspectivas da economia global e nacional. Queremos trazer o tema mais para o dia a dia das pessoas, facilitando essa compreensão e análise dos fatos”, finaliza Megale.

Share

Leia Também

Inicialmente, o contrato inicial para reforma do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014 era de R$ 705 milhões. Ao final, a obra custou aos cofres públicos mais de R$ 1,2 bilhão (Foto:   Daniel  Brasil/Portal  da  Copa)

Odebrecht pagou R$ 7,3 milhões em propina por obra no Maracanã

Executivos da empreiteira Odebrecht afirmaram, em delação premiada, que a empresa pagou cerca de R$ …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + onze =

Share