Capa > Economia Baiana > Sétima edição da SuperBahia espera movimentar R$ 250 milhões
Quem mais deve impulsionar as vendas neste último mês do ano é o setor supermercadista que, segundo projeção, deve crescer 11% na comparação anual
Quem mais deve impulsionar as vendas neste último mês do ano é o setor supermercadista que, segundo projeção, deve crescer 11% na comparação anual

Sétima edição da SuperBahia espera movimentar R$ 250 milhões

A edição deste ano da SuperBahia (7ª Feira e Convenção Baiana de Supermercados, Atacados, Padarias, Restaurantes e Distribuidores)s, que acontece entre os dias 13 e 15 de junho, na Arena Fonte Nova, deve gerar negócios da ordem de R$ 250 milhões. O evento é organizado pela Associação Bahiana de Supermercados (Abase) em parceria com o Sindicato dos Supermercados e Atacados de Auto Serviço do Estado da Bahia (SindSuper).

O evento vai contar com uma programação que envolve visitação aos fornecedores, diversas palestras e a realização do IV Fórum de Fortalecimento do Varejo Supermercadista, que tem como objetivo qualificar profissionais e estabelecimentos em todas as etapas do negócio. São encontros técnicos que abordarão assuntos variados, a exemplo da segurança alimentar, sustentabilidade e como atender as classes C, D e E.

“São oficinas que poderão reciclar e qualificar os profissionais, independente do cargo, seja ele repositor, atendente ou o proprietário do ponto de venda”, explica João Cláudio Nunes, presidente da Abase.

De acordo com o Superintendente da Abase, Mauro Rocha, a SuperBahia 2016 é uma oportunidade para os empresários apresentarem novidades para os clientes. “Está é uma oportunidade do empresário do Norte e Nordeste ter acesso ao que há de mais atual que o setor oferece em nível nacional e internacional, tanto na área de alimentos como a de equipamentos”, diz Rocha. De acordo com ele, os profissionais precisam se qualificar cada vez mais para enfrentar um cenário de competição acirrada, por isso o interesse da Abase em trazer palestras com assuntos de interesse dos empresários.

Share

Leia Também

A  atividade de móveis e eletrodomésticos foi, pelo terceiro mês consecutivo, a principal influência positiva no resultado do varejo baiano (Foto: AG. Brasil)

Vendas no varejo da Bahia aumentaram 1% em agosto, diz IBGE

As vendas do varejo na Bahia seguiram em queda (-0,6%) em agosto em relação ao mês …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − oito =

Share