Capa > Economia Baiana > Salvador recebeu road-show de planejamento do setor aéreo
O pico de movimentação do aeroporto deve ser registrado no dia 8 de agosto
O pico de movimentação do aeroporto deve ser registrado no dia 8 de agosto

Salvador recebeu road-show de planejamento do setor aéreo

Uma equipe de técnicos da Secretaria de Aviação Civil encerrou nesta quarta-feira (18), no aeroporto internacional de Salvador, o quinto road-show de planejamento do setor aéreo para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio2016. A agenda é parte de um cronograma de visitas técnicas que contempla os terminais das seis capitais do futebol do megaevento esportivo – Salvador (18/5), Brasília (10/5), Guarulhos (4/5), Confins (19/4), Manaus (31/3) e Rio de Janeiro (com data a definir).

A ação tem por objetivo reforçar o alinhamento das autoridades aeroportuárias envolvidas na operação especial da aviação brasileira para a Rio2016. Os road-shows são organizados pelo Comitê Técnico de Operações Especiais (CTOE), vinculado à Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero) e coordenado pela Secretaria de Aviação Civil.

O terminal Deputado Luís Eduardo Magalhães, na capital baiana, deve receber 454 mil passageiros no período dos Jogos Olímpicos, entre 1º e 22 de agosto. A projeção da Secretaria de Aviação Civil é baseada na oferta de assentos das aeronaves e no cronograma de partidas sediadas pelo estádio Arena Fonte Nova – dez, no total. O pico de movimentação do aeroporto deve ser registrado no dia 8 de agosto, com aumento da chegada de torcedores para o jogo Brasil X Dinamarca, marcado para o dia 10.

Operação – Segundo Thiago Meirelles, coordenador do CTOE, “a previsão é que tenhamos mais de 22 mil passageiros chegando somente no dia 8, o que representa quase meia Fonte Nova lotada. Trabalhamos para afinar a operação do aeroporto e fazer com que o passageiro saia satisfeito com a experiência de passagem pelo terminal”, afirma.

O roadshow também incluiu uma checagem das melhorias de acessibilidade no aeroporto. Segundo Marcus Pires, chefe de serviço do CTOE, a equipe visitou as seis capitais do futebol no ano passado, elaborou diagnósticos e ofereceu recomendações para os planos de adaptação dos terminais. “Desta vez, estamos fazendo a ‘revisita’ e analisando in loco o que já foi efetivamente melhorado”, explica. Entre os itens avaliados, estão vagas de veículos reservadas e sinalizadas, rampas de acesso ao terminal e sinalização de locais e equipamentos acessíveis, entre outros.

Ao todo, trinta e nove aeroportos participam do planejamento do setor aéreo para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, que devem trazer ao Brasil delegações de 206 países e mais de 100 chefes de Estado. Em torno de 2.200 controladores de voo já receberam treinamento específico para administração do fluxo da aviação durante os Jogos e mais de 1 mil vagas extras serão criadas nos pátios dos terminais para estacionamento de aeronaves no período.

Share

Leia Também

Passageiro vinha da Colômbia e ocultava a droga em fundo falso e no interior de lixas para pés

Receita apreende 3 kg de cocaína no aeroporto de Salvador

A Receita Federal apreendeu kg de cocaína no aeroporto de Salvador. A droga foi apreendida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =

Share