Capa > Economia Baiana > Cesta básica de Salvador fecha abril com queda de 0,86%
Tomate ficou 12,35% mais barato  na capital baiana no mês passado
Tomate ficou 12,35% mais barato na capital baiana no mês passado

Cesta básica de Salvador fecha abril com queda de 0,86%

A cesta básica de Salvador apresentou queda de 0,86%, quando comparada ao mês de março de 2016. No período, a ração essencial mínima que estabelece 12 produtos alimentares (feijão, arroz, farinha de mandioca, pão, carne, leite, açúcar, banana, óleo, manteiga, tomate e café) e suas respectivas quantidades, passou a custar R$ 306,61.

Dos 12 produtos que compõem a ração essencial mínima, três registraram queda de preço: tomate (12,35%), banana da prata (4,18%) e arroz (0,67%). Por sua vez, nove registraram aumento: farinha de mandioca (3,56%), feijão rajado (3,14%), carne bovina (2,83%), manteiga (2,63%), óleo de soja (1,55%), leite pasteurizado (1,24%), pão francês (1,22%), açúcar cristal (0,81%) e café moído (0,24%).

No mês em análise, o tempo de trabalho necessário para se obter a cesta básica de Salvador foi de 90 horas e 53 minutos, e o trabalhador de Salvador comprometeu 37,87% do salário mínimo líquido (R$809,60) para adquirir os 12 produtos da cesta.

Share

Leia Também

O tomate ficou quase 30% mais barato em Salvador no mês passado  (Foto: José Gomercindo/ANPr)

Salvador tem a cesta básica mais barata do Brasil, diz Dieese

O  custo da cesta básica em Salvador  registrou redução de 7,05% em agosto em relação a julho …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =

Share