Capa > Economia Baiana > BID aprova empréstimo de US$ 105 milhões para a Prefeitura
Recursos serão usados em  ações, como a promoção da cidade, destacando seu potencial cultural e náutico
Recursos serão usados em ações, como a promoção da cidade, destacando seu potencial cultural e náutico

BID aprova empréstimo de US$ 105 milhões para a Prefeitura

A gerente de projeto do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Mercedes Velasco, informou à Prefeitura de Salvador que o o Diretório do BID aprovou o empréstimo no valor total de US$ 105 milhões para o Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo em Salvador (Prodetur/Salvador). O financiamento segue agora para o Senado Federal para aprovação da contratação.

Será a primeira vez na sua história que a Prefeitura de Salvador contratará uma operação de crédito diretamente com um organismo financeiro internacional.

Estão previstas ações como implantação de museus, teatros, centro esportivo, equipamentos culturais sistema de informação ao turista, recuperação de parques e promoção da cidade, destacando seu potencial cultural e náutico.

Outras operações – “Graças à situação de equilíbrio financeiro da prefeitura, que lhe garante uma margem elevada para contratação de operações de crédito, conquista desta gestão, outros dois financiamentos externos, no valor já receberam aprovação da Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão,” destaca o secretário da Casa Civil, Luiz Carreira.

Já estão aprovados pela Cofiex, , o projeto Salvador Social, com o Banco Mundial (Bird), no valor de US$ 250 milhões; e o Programa de Saneamento Ambiental e de Urbanização do Subúrbio de Salvador 1ª Etapa – Projeto Novo Mané Dendê, com o BID, no valor de US$ 135 milhões.

Os recursos a serem captados junto ao BID e ao Bird totalizam US$ 490 milhões direcionados para as áreas de Turismo, Educação, Saúde, Assistência Social e Saneamento Ambiental.

Quanto às operações de créditos com organismos nacionais, explica Carreira, a Prefeitura já contratou junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a 1ª etapa – em execução – do financiamento para modernização da administração tributária e de gestão dos setores sociais básicos da prefeitura PMAT/Salvador, no valor de R$ 51 milhões, correspondente à metade do financiamento total de R$102 milhões.

BRT – Já está autorizada também a contratação de parcela dos recursos do financiamento do corredor exclusivo de ônibus rápidos (BRT) no valor de R$ 300 milhões, faltando tão somente as autorizações do governo federal para o financiamento da contrapartida e empenho da parcela do Orçamento Geral da União.

Todos estes projetos foram objeto dos entendimentos mantidos recentemente pelo prefeito ACM Neto com as novas equipes do governo federal.

Leia Também

Impedido de presidir votação da reforma trabalhista, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE),  suspendeu a sessão. A decisão foi tomada depois que a senadora Fátima Bezerra (PT-RN), que conduzia os trabalhos, se negou a dar o assento da presidência da sessão a Eunício. O senador mandou desligar os microfones e apagar as luzes (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

Senado vota reforma trabalhista; acompanhe ao vivo

Após novos momentos de bate-boca e confusão, os senadores começaram a encaminhar a votação da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + sete =