Capa > Economia Baiana > Assembleia vai lançar a Frente Parlamentar da Indústria
Alban diz  que o setor industrial foi o que mais perdeu em competitividade nos últimos anos (Foto: Fieb)
Alban diz que o setor industrial foi o que mais perdeu em competitividade nos últimos anos (Foto: Fieb)

Assembleia vai lançar a Frente Parlamentar da Indústria

Por iniciativa de um grupo de parlamentares baianos, encabeçado pelos deputados Nelson Leal (PSL) e Pablo Barrozo (DEM), será criada, na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), a Frente Parlamentar da Indústria. Seu lançamento acontece no dia 11 de maio, às 9h30, no plenário da AL-BA.

A Frente promoverá a integração entre a indústria baiana, que enfrenta sucessivas quedas em sua produção, e o Legislativo Estadual. Será presidida por Nelson Leal, tendo como vice-presidente Pablo Barrozo. Ela está dividida em sete coordenações, que agrupam segmentos de atividades industriais correlatas.

São: Indústria Química, Petroquímica, Plástico, Óleo e Gás, representada pelo deputado Adolfo Viana (PSDB); Construção Civil, Infraestrutura e Mineração, por Maria del Carmen (PT); Agroindústria, por Carlos Robson, o Robinho (PP); Indústria Naval, Automotiva e Metal Mecânica, por Hildécio Meireles (PMDB); Indústria de Papel, Celulose, Madeira e Móveis, por Sandro Régis (DEM); Indústria Cosmética, Têxtil, Vestuário e Calçados, por Carlos Geilson (PSDB) e a coordenação da Indústria de Alimentos e Bebidas, com coordenador a definir. Na secretaria executiva do grupo está o diretor executivo da Fieb, Vladson Menezes.

No mesmo dia de instalação da Frente Parlamentar da Indústria (11.05), a Fieb lançará a Agenda Legislativa da Indústria, documento que avalia 39 projetos de lei em tramitação na ALBA que, se aprovados, irão impactar o setor industrial baiano.

Comunicação – Conforme explica o deputado Nelson Leal, o objetivo da Frente é construir um canal de interlocução entre a indústria baiana e o Legislativo Estadual. Ele destaca que, além de estreitar a comunicação entre os poderes estaduais e as empresas, a iniciativa vem para fortalecer um dos setores que mais influenciam no crescimento econômico do estado. “A Frente é suprapartidária e tem o compromisso de ser propositiva”, afirma o parlamentar.

“Vamos fornecer condições para que os parlamentares possam entender a nossa realidade, sendo proativos e demandando soluções e proposições”, pontuou o presidente da Fieb, Ricardo Alban. Ele ressaltou que o setor industrial foi o que mais perdeu em competitividade nos últimos anos. “Daí a importância de discutir temas relacionados ao setor e, consequentemente, a toda a sociedade”, completou.

Diretor executivo da Fieb e secretário da Frente, Vladson Menezes cita temas prioritários para o setor industrial baiano: a manutenção dos Distritos Industriais, a resolução de questões no âmbito tributário e o encaminhamento da Agenda Legislativa da Indústria. Ele destaca que, embora enfrentando momento de queda, resultado da crise em todo o país, a indústria pode reverter este quadro se saber explorar as oportunidades.

Share

Leia Também

O evento será realizado na sede da Fieb, no bairro Stiep, em Salvador

Fieb divulga programa de regularização de dívidas da Receita

Desde 3 de julho e até 31 de agosto próximo, pessoas físicas ou jurídicas podem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − cinco =

Share