Capa > Economia Brasileira > Veículos financiados somam 1,1 milhão no primeiro trimestre
Em abril, 156,9 mil carros novos foram emplacados em todo o Brasil
Em abril, 156,9 mil carros novos foram emplacados em todo o Brasil

Veículos financiados somam 1,1 milhão no primeiro trimestre

O volume de financiamento de veículos em todo o Brasil atingiu 1,1 milhão nos primeiros três meses do ano, fechando o trimestre em queda de 19,1% em relação ao mesmo período de 2015. Deste total, 892.706 unidades negociadas a crédito são autos leves, baixa de 18,5%; 188.916 de motos recuo de 23,8%; e 43.427 de pesados, decréscimo de 9,1%.

infoNo mês de março o total de financiamentos totalizou 410.271 veículos, número 17,6% menor na comparação com o mesmo período do ano anterior. Veículos novos somaram 163.725 unidades vendidas a crédito, enquanto os usados chegaram a 246.546.

O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.

Confiança – “Além do momento econômico do Brasil e da crise de confiança do consumidor, que não quer se endividar com o cenário atual, há outro fator relevante a ser levado em consideração na análise dos números destes primeiros três meses. Até março de 2015 ainda havia carros em estoque sendo comercializados com IPI reduzido. Isto estimulou a aquisição de veículos no primeiro trimestre do ano passado, fato que não se repetiu em 2016”, afirma Marcus Lavorato, gerente de Relações Institucionais da Unidade de Financiamentos da Cetip.

Veículos zero quilômetro fecharam este primeiro trimestre em queda de 29,3%, com um total de 441.526 financiamentos. Os usados, com 686.298 unidades negociadas, apresentaram baixa de 10,8%. Na categoria de autos leves, houve recuo de 32,7% entre os novos, enquanto os usados caíram 10,7%.

Entre as motos, houve queda de 25,3% nas unidades zero quilômetro neste primeiro trimestre. Ao todo, foram 164.872 vendidas a crédito. Em março a baixa foi de 27%, em relação ao mesmo mês do ano anterior.

O prazo médio de financiamento de autos leves novos caiu no primeiro trimestre. Agora, o consumidor tem financiado, em média, em 36,5 meses, dois meses a menos do que no mesmo período do ano anterior

No trimestre, automóveis leves com tempo de uso entre nove e 12 anos se destacaram com crescimento de 2,4%. A faixa etária entre zero e três anos de uso apresentou queda de 15%, enquanto as unidades entre quatro e oito anos de fabricação caíram 9,3%. No mês de março, a faixa entre nove e 12 anos de uso apresentou alta de 5,8%, quando comparado com o mesmo período de 2015, totalizando 28.891 unidades financiadas.

Consórcio – Entre as modalidades, o consórcio apresentou a menor queda no primeiro trimestre, com baixa de 10,8%, levando em consideração automóveis leves, motos e pesados. O CDC teve queda de 20,6%. Em março o consórcio de autos leves novos teve leve queda de 1%, em relação ao mesmo mês de 2015.

Share

Leia Também

As  concessionárias do estado comercializaram 12.359 unidades  em outubro

Vendas de veículos novos têm alta de 26,76% na Bahia

O mercado de veículos novos da Bahia reagiu de vez. Em outubro, as concessionárias do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 1 =

Share