Capa > Economia Baiana > Sabin cresce 35% no ano e investe em expansão em Salvador
Grupo Sabin conta hoje com 3,2 mil colaboradores em oitos estados e no Distrito Federal
Grupo Sabin conta hoje com 3,2 mil colaboradores em oitos estados e no Distrito Federal

Sabin cresce 35% no ano e investe em expansão em Salvador

O grupo Sabin, uma das maiores empresas do Brasil em medicina diagnóstica, vai abrir até o final deste ano mais duas unidades em Salvador: uma em Cajazeiras e a outra em local ainda indefinido. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 1 milhão, com a geração de pelo menos 40 novos empregos diretos. Na última terça-feira, a empresa inaugurou uma filial no bairro da Graça, num investimento de R$ 500 mil. Recentemente já havia aplicado outros R$ 2,5 milhões na implantação de um Núcleo Técnico Operacional, na Av. ACM, com equipamentos laboratoriais de última geração.

“Estamos mutos felizes com os resultados na Bahia”, diz Lídia Abdalla, presidente-executiva do grupo. No ano passado, o Sabin registrou, em todo o país, um faturamento de R$ 560 milhões – 35% a mais em relação a 2014. “A meta para 2016 é crescer pelo menos 30%”, afirma Lídia, que ingressou no grupo como trainee em 1999 e desde 2014 comanda as operações da companhia.

 Janete Vaz e Sandra Soares Costa (no centro) durante lançamento de livro em Salvador
Janete Vaz e Sandra Soares Costa (no centro) durante lançamento de livro em Salvador (Fotos: Divulgação)

O Sabin conta hoje com 200 filiais (somente este ano abriu 10) em oito estados e no Distrito Federal. Pretende alcançar, até dezembro, 220. Na Bahia, são 22 unidades, localizadas em Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, Barreiras e Luís Eduardo Magalhães. O grupo – fundado pelas bioquímicas Janete Vaz e Sandra Costa, há 32 anos, em Brasília – conta hoje com 3,2 mil colaboradores.

Livro – As sócias-fundadoras do Sabin Sandra Costa e Janete Vaz estiveram esta semana em Salvador para lançar o livro “Empreendendo Sonhos” onde narram a trajetória do laboratório e mostram como conseguiram fazer a empresa crescer. “É uma sociedade que deu certo graças ao respeito e a união”, diz Sandra. “Nunca abrimos mão de dois pilares: a qualidade e a inovação”, acrescenta ela, que hoje faz parte do conselho de administração.

Já Janete destaca ainda a valorização dos colaboradores e o relacionamento transparente com clientes, profissionais de saúde e fornecedores. “Mostramos no livro que é possível ganhar dinheiro sendo ético”, diz. “Nosso processo de gestão é atrair, desenvolver, desafiar, reconhecer, recompensar e comemorar. O nosso grande segredo é atrair pessoas que queiram se comprometer com a nossa história e com aquilo que nós construímos”.

Leia Também

Clínica Bahia Imagem possui duas unidades em Salvador (Foto: Divulgação)

Laboratório Sabin compra a Clínica Bahia Imagem

Após quatro anos de atuação no mercado de medicina diagnóstica em Salvador, e há sete …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 8 =