Capa > Seu Negócio > Rede de ensino Kumon foca em projeto de expansão no país
No Brasil são aproximadamente 1500 unidades em 550 cidades, somando mais de 160 mil alunos, dos 180 mil na América do Sul (Foto: Divulgação)
No Brasil são aproximadamente 1500 unidades em 550 cidades, somando mais de 160 mil alunos, dos 180 mil na América do Sul (Foto: Divulgação)

Rede de ensino Kumon foca em projeto de expansão no país

O método de ensino Kumon é a maior rede de franquias de educação no Brasil segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising) e ocupa o oitavo lugar no ranking geral. Para continuar o bom desempenho, o método criou em outubro do ano passado o departamento de expansão que tem como objetivo recrutar o maior número de candidatos para abertura de unidades. Esta nova estrutura permite oferecer mais suporte não só no recrutamento, mas principalmente no treinamento, para que as novas franquias tenham qualidade e consigam crescer desde o primeiro ano de funcionamento.

O setor de franquias deve crescer por volta de 8,3%, segundo a ABF, apesar da atual crise econômica brasileira. Veronica Adriana Maldonado Islas, gerente do departamento Planejamento e Suporte do Kumon, acredita que um dos motivos deste crescimento dentro do método japonês acontecerá por causa da própria instabilidade política e econômica. Com o aumento do índice de desemprego e estagnação em vários setores da economia, muitos pais de família são obrigados a tirar seus filhos das escolas particulares e optar pela escola pública em conjunto de cursos complementares como o Kumon.

“Haverá maior número de interessados e por isso estamos reforçando a atividade de recrutamento de novos franqueados, assim como aprimorando o suporte desde o momento da pré-abertura até os primeiros 24 meses de funcionamento da franquia.” complementa Veronica.

Migração – De acordo com a Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino (Confenen), a rede privada perdeu 12% dos mais de 9 milhões de alunos que tinha em 2014. Como complemento, o levantamento da Secretaria Estadual da Educação de São Paulo relatou que, apenas em 2015, as redes estadual e municipal receberam 200 mil alunos que migraram das escolas particulares.

Para conquistar novos franqueados, a rede de franquias estruturou equipes regionais que atuam em campo oferecendo suporte in-loco pelo Brasil todo e já colhe resultados. Entre fevereiro de 2015 até o mesmo período de 2016 houve um aumento de 41% no número de interessados em abrir uma franquia Kumon. Entre janeiro e abril de 2016 triplicou o número de treinamentos na matriz da rede, considerada a última etapa do processo de seleção.

Com mais investimentos também em marketing, o Kumon tem como expectativa manter o número de alunos de 2015, com possível crescimento de 4% no último trimestre do ano. A previsão é que serão abertas novas 50 unidades no país. “Considerando que muitas empresas estão prevendo fechar com números negativos, o fato de conseguir manter o mesmo número de alunos de 2015 será um bom resultado. Confiamos que a franquia do Kumon é uma excelente opção de negócio”, analisa Veronica.

Desenvolvido no Japão pelo professor Toru Kumon em 1958, e aprimorado desde então, o método Kumon tem formado autodidatas no Brasil há quase 40 anos. Com mais de 4 milhões de estudantes, por meio de uma orientação individualizada e uma material didático autoinstrutivo, visa criar e estimular habilidades básicas de ensino como cálculo, leitura, interpretação e raciocínio lógico.

Leia Também

A Multifilmes entrou para o setor de franchising em 2017 (Foto: Divulgação)

Multifilmes oferece faturamento de até R$ 150 mil

Com investimento inicial a partir de R$ 28 mil, um franqueado da Multifilmes pode lucrar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + três =