Capa > Economia Baiana > Columbia Nordeste foca no setor eólico do estado para crescer
Vista aérea das instalações da Columbia: empresa foca setor eólico para crescer
Vista aérea das instalações da Columbia: empresa foca setor eólico para crescer

Columbia Nordeste foca no setor eólico do estado para crescer

GERALDO BASTOS

A Columbia Nordeste – considerado o maior operador logístico da região – irá investir nos próximos três anos até R$20 milhões para ampliar a área de pátio e de armazenagem do complexo localizado no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. O aumento de capacidade da unidade visa, principalmente, atender a crescente demanda do setor eólico do estado por serviços logísticos, como armazém alfandegado, transporte, inspeção de equipamentos, montagem de kits, dentre outros. A meta do grupo é dobrar a sua receita com serviços ao setor de energia renovável nos próximos três anos, o que elevaria em 35% o faturamento da unidade.

A meta da Columbia é dobrar sua receita com serviços ao setor eólico
Meta da Columbia é dobrar a receita com serviços ao setor eólico

“A Columbia nos últimos seis anos investiu R$ 70 milhões no complexo. Boa parte deste investimento, a ampliação da nossa estrutura, foi para atender o mercado eólico, que é muito interessante não apenas pelo volume que movimenta mas também pelos diferentes tipos de serviços logísticos que demanda”, destacou o diretor comercial da companhia, Murillo Mello.

Segundo ele, das cinco principais empresas deste segmento, quatro já são clientes do grupo. Outro setor que também começa a demandar os serviços da empresa é o de energia solar. “Os 60 primeiros contêineres com equipamentos solares que chegaram à Bahia estão em nossa estrutura”, diz Mello.

Criada em 1999, então com o nome de Eadi Salvador, a Columbia Nordeste ocupa uma área de 245 mil m² e emprega diretamente 530 pessoas. Entre os seus principais clientes, além do setor de energia, estão as indústrias automobilística e petroquímica, o setor de alimentos e o varejo.

O Grupo Columbia atua no Brasil desde 1942 e atualmente é formado por empresas de comércio exterior, logística integrada, armazéns refrigerados e frigorificados, operações portuárias, sourcing para o setor de moda e fornecimento de hard commodities, combustíveis sólidos e bioenergia. Conta com mais de 380 mil metros quadrados de área de armazenagem em Cotia (SP), Curitiba (PR), Itajaí (SC) e Simões Filho (BA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 7 =